Saae Aracruz/ES

Tele Atendimento 0800-2839590

Notícias

06/08/2019

Mais cinco escolas da Rede Municipal participam do projeto “Papo de Responsa” nesta semana

Teve início nesta terça-feira (05/07), na Igreja Presbiteriana Jequitibá, a continuidade do primeiro momento do “Papo de Responsa” com as escolas da Rede Municipal de Ensino que se aderiram ao projeto. Os investigadores da ACADEPOL – Academia de Polícia Civil do Espírito Santo - Núcleo de Prevenção – Segurança Cidadã; Juventude, Cultura e Paz, Danielle Leonel e Alessandro Da Vitória, tiveram uma conversa com os alunos da EMEF Luiza Silvina. Este primeiro momento teve início na segunda quinzena de maio, quando os agentes receberam os alunos da EMEF Ezequiel Fraga Rocha e das EMEFI´s Caieiras Velha e Dorvelina Coutinho.

Durante toda semana o projeto ainda atenderá os alunos das EMEF´s Santa Cruz, Zilca Nunes, Placidino Passos, além do CMEB Esther Nascimento, contemplando assim as oito escolas municipais, que inicialmente fazem parte das ações do Papo de Responsa. Em Aracruz ele também tem apoio da Investigadora da Polícia Civil Sônia Márcia Correa Martins e do Delegado Chefe da Regional, Dr. João Francisco Filho.

Entre os dias 22 e 28 de agosto tem-se início o segundo momento do projeto. Suas ações educacionais são não formais, e os policiais civis fazem o uso palavra em uma conversação franca e direta com os alunos, que também participam de atividades lúdicas, discutem temas diversos como prevenção ao uso de drogas e crimes na internet, além do bullying, direitos humanos, cultura da paz e segurança pública, aproximando os policiais da comunidade e, principalmente, dos adolescentes.

A temática do projeto acontece em três etapas, sendo o primeiro ciclo, denominado de “Papo é um Papo”, a introdução do tema e início do processo de aproximação com os alunos. Já na segunda etapa, os alunos são os protagonistas e produzem materiais, como músicas, poesias, vídeos e colagens de fotos, mostrando a percepção deles sobre a problemática abordada.

No último processo, o “Papo no Chão”, os alunos e os policiais civis formam uma roda de conversa no chão e trocam ideias relacionadas a frases, questões e músicas direcionadas sempre no tema proposto pela instituição. Por fim, acontece um bate-papo com familiares dos alunos, para que os policiais entendam a percepção deles e também como os adolescentes reagiram diante das novas informações.


TEXTO: Renato Lana
E-MAILrfaria@aracruz.es.gov.br

© Copyright 2009 - Todos os direitos reservados.

Produzido pela

Impacta Soluções Web